SEARCH

Quando as crianças perguntam sobre o significado da vida

Por que vivemos? Essa é uma pergunta profunda que as crianças fazem a seus pais. E os pais que estão buscando, eles próprios, o significado da vida também serão capazes de falar a respeito disso com as crianças.

Mamãe, por que vivemos? A pergunta pega a mãe de surpresa, no meio do ônibus barulhento. Todos a ouviram, alta e clara. Todos os outros passageiros à volta deles ficam curiosos, esperando para ver qual será a resposta que a mãe vai dar. A criança, também. Quase se pode tocar a expectativa que paira no ar. A mãe deve estar pensando: “E agora? Que será que eu respondo?” – assim, meio que casualmente – “De qualquer forma, será que existe alguma resposta?” Ou então ela está distraída e desconversa: “Vamos falar sobre isso outra hora, meu amor?”

As crianças sempre fazem perguntas. Elas têm muitas indagações. Desde que começam a falar, elas fazem perguntas aos pais, avós, professores e até mesmo à pessoa que está sentada ao lado delas no ônibus. Elas praticamente bombardeiam os outros com perguntas. Querem que os adultos expliquem o mundo para elas. “Mostra, vai!”, “Conta!”, “Como?”, “Por quê?”, “Por que não?”.

Mas… e as respostas?

Em busca de respostas

Para essas perguntas profundas e de longo alcance, os adultos não têm respostas imediatas – se é que têm alguma. Às vezes não têm capacidade para reagir; outras, reagem com hostilidade. “Não faça tantas perguntas!” ou “Não faça perguntas tão estúpidas!“ Às vezes eles se questionam “O que é que eu digo?“ ou “Que palavras devo usar?” De repente, cada palavra é muito importante. Afinal, as perguntas são importantes. Questões vitais. Perguntas instigantes que a própria vida faz e que as pessoas fazem à vida – porque elas estão vivas.

“Vivemos para crescer” , explica a mãe que está no ônibus. “Como uma pequena lagarta que logo vai virar uma linda borboleta. Ou como uma flor que se estica em direção ao sol para poder se abrir”. Existem muitas imagens que ajudam a explicar. Quando alguém está procurando uma resposta, pode se voltar para suas experiências pessoais ou familiares; para o conhecimento, as religiões, a Bíblia e outras escrituras sagradas; para a Natureza; para a Ciência; ou para livros e histórias.

Ou pode buscar pela resposta que está dentro de si mesmo.

De coração para coração

Quando as crianças fazem perguntas, você pode se lembrar de alguma coisa: essas perguntas podem tocar algo que está profundamente escondido em seu coração. Afinal, trata-se de uma pergunta de coração para coração e requer uma resposta de coração para coração. Existem muitas coisas que são maiores do que o homem. Quem já passou por essa experiência pode contá-la para as crianças. Quem buscou respostas dentro de si mesmo pode encorajar as crianças a encontrarem o caminho dentro delas mesmas e convidá-las a percorrê-lo.

Nesse caminho, estão todas as respostas para a vida – e elas podem ser descobertas. Até mesmo a pergunta: “Por que vivemos?”. Afinal, um homem que já percorreu a jornada em seu próprio ser pode dizer, à criança que está perguntando, algo como: “Sim. Deus existe. Cada pessoa que vive na Terra deve ser um mestre-de-obra de Deus – alguém que ajuda a construir, na grande criação de Deus”.

Todos têm uma missão de vida

Uma pessoa como essa aprendeu que cada indivíduo tem uma missão especial, uma tarefa individual em sua vida. A vida consiste em descobrir essa tarefa específica e em realizá-la. Essa missão tem a ver não apenas com a própria pessoa, mas também com as pessoas que ela conhece e com aquelas que ela ainda virá a conhecer.

“Se você quiser descobrir qual é a sua missão na vida, pergunte a si mesmo o que pode oferecer para essas pessoas” – diz a mãe. Essa é a informação mais importante que pode ser dada a crianças que estão em busca de respostas. Quem seguir essa idéia descobrirá que as pessoas precisam de seu auxílio de muitas maneiras.

“Você é indispensável para seus amigos”: aí está um conhecimento capaz de crescer e amadurecer no interior de todos os jovens.

Temas relacionados

O companheiro silencioso

A mensagem da eternidade está muito próxima do coração de cada um. Tão próxima que muitas vezes nem é percebida. No coração humano habita um companheiro silencioso esperando para nos ajudar a buscar essa mensagem. Leiam abaixo o relato de uma experiência muito pessoal.

Mais sobre "O companheiro silencio ..."

Encontro com a Rosa do Coração

Buscar e encontrar a senda espiritual é algo muito pessoal. Cada um tem sua própria história a respeito da passagem pelo Portal Místico. Um rosacruz do Lectorium Rosicrucianum fala sobre suas próprias experiências.

Mais sobre "Encontro com a Rosa do ..."